Pular para o conteúdo principal

Li e recomendo.


Indicação de literatura.


COMO INTEGRAR FÉ E TRABALHO - Timothy Keller - Um livro único sobre um assunto pouco explorado: o trabalho sob a cosmovisão cristã. Além do conteúdo riquíssimo, o livro é muito bem escrito. Profissionais de todas as áreas se beneficiarão desta obra. Até mesmo os não cristãos. Muitos acreditam que trabalho é apenas o "ganha pão", um mal necessário. Outros acreditam que fazer o que gosta é o supremo bem da vida. Keller vai muito além disso e considera o trabalho, qualquer trabalho, um sacerdócio. Desde os mais renomados e conceituados no campo da pesquisa, quer da saúde, da economia ou da tecnologia até o mais simples trabalhador braçal, o trabalho deve visar melhorar a vida das pessoas. Assim sendo, sempre será um sacerdócio. Edições Vida Nova, 240.

FILHO DO HAMAS - Mosab Hassam Yousef  - Um extraordinário depoimento de um árabe, muçulmano, membro do HAMAS, que tornou-se espião do Shin Bet em favor de Israel e sua conversão ao cristianismo. O livro também é um excelente instrumento para entendermos corretamente a cultura, o pensamento e a crença que separa árabes e judeus e o porque da paz ser tão difícil no oriente médio. Com relatos intensos e vívidos, o autor prende a atenção do começo ao fim.
Editora Sextante
RELIGIOSIDADE CONTEMPORÂNEA - Darlyson Feitosa - Esta é uma obra necessária para se entender o fenômeno religioso deste terceiro milênio, com suas nuances, inconsistências e "novidades". O autor conseguiu criticar sem ser pedante, jocoso ou legalista. Aborda o tema incluindo a religiosidade no cristianismo, inclusive o católico, mas com ênfase no evangelicalismo. Trabalha sobre o que denomina de "cultura do hiper", que influencia profundamente a religiosidade atual. Trata do hiper templo, do hiper sacerdote, do hiper fiel e da hiper liturgia. Se alguém quiser discordar ou refutar o que Feitosa registrou aqui, terá muito trabalho. Sua fundamentação é bem sólida e seus argumentos muito bem tecidos. Recomendo com alegria e entusiasmo.


CARTAS DE UM DIABO AO SEU APRENDIZ - C.S. Lewis - Um livro instigante, profundamente atual, inteligente e bem escrito pela refinada e erudita pena de C.S. Lewis, autor de "As Cronicas de Nárnia". Um diabo experiente escreve a seu sobrinho, sobre como realizar tentações e levar os propósitos malignos avante. Sarcástico, irônico, hilariante, mas dotado de um profundo discernimento, o autor nos ensina sobre fé cristã, santificação e batalha espiritual de um modo inusitado e cativante. Requer muita atenção do leitor mas será uma leitura que fará uma grande diferença em sua cosmovisão. Não deixe de ler. Editora Martins Fontes.

ORAÇÃO: O REFÚGIO DA ALMA - Talvez um dos mais completos livros sobre oração. O autor consegue ser bem didático sem ser maçante e compartilha suas experiências pessoais mesclando com forte conteúdo bíblico. Com inúmeras citações de diversos autores, antigos e contemporâneos, a obra é enriquecida com sabedoria milenar dos que se dedicaram a aprender, cultivar e crescer no hábito da oração. Imprescindível para os que desejam intensificar sua comunhão com Deus, bem como os que já são intercessores de ofício.
IGREJA EMERGENTE - o movimento e suas implicações.
Uma obra séria sobre um assunto bastante polêmico, mas que não pode ser negligenciado por cristãos sérios e líderes cristãos em geral em detrimento da saúde da igreja evangélica brasileira. Trata com imparcialidade o assunto, indo de encontro aos ícones do movimento como McLaren e outros, argumentando com profundidade e conhecimento histórico esse movimento que está se espalhando por todo o mundo. Leitura obrigatória para todo que deseja entender e viver a igreja de Cristo em nossos dias.


IGREJA: POR QUE ME IMPORTAR?
Como sempre, Philip Yancey nos surpreende com seus testemunhos e exemplos concatenados de tal forma que dão cor e sabor as suas considerações sobre assuntos polêmicos. Fiquei feliz em perceber que algumas de suas idéias sobre a Igreja, apresentadas neste livro, são bem parecidas com o que passa em minha mente mas nem sempre tenho conseguido colocar no papel. Sua lucidez brilhante nos ajuda a pensar e vez por outra, confirma o que já estamos querendo praticar e não sabemos como. Não deixe de ler.




O QUE ESTÃO FAZENDO COM A IGREJA?
Ganhei esse livro, e a princípio, não me interessei. Após terminar sua leitura, reputo como um dos mais importantes que já li nos últimos anos. Pr. Nicodemus nos leva a uma reflexão profunda sobre o estado atual da igreja evangélica brasileira, e o faz com nobreza e imparcialidade. Definindo-se como "reformado" revela profundo conhecimento da autêntica espiritualidade e aponta caminhos. Longe de ser pessimista, o autor nos leva a esperar por dias melhores. Excelente leitura para pastores e líderes em geral. Até mesmo católicos deveriam lê-lo.
Editora Mundo Cristão.


A GRANDE OMISSÃO 
Este livro é uma jóia. É composto de artigos que expõe a fraqueza do movimento evangélico quanto a formação de discípulos. Mas o que fascina no autor é sua capacidade de fazer altas críticas de modo suave, sem aquele tom de "eu sei tudo", tão comum entre os franco atiradores que se lambuzam nas mazelas da igreja e delas se valem para vender e fazer sucesso no meio literário. A critica do autor não é só inteligente, é igualmente cheia de ética e cuidado pastoral. Não se vale da técnica do "bate e assopra", mas também não fica devendo aos principais profetas como A. W. Tozer. Excelente leitura de reflexão.


O ESCÂNDALO DO COMPORTAMENTO EVANGÉLICO
Livro extremamente necessário para entendermos o porquê do péssimo testemunho que alguns, ditos evangélicos, tem dado diante da sociedade. A igreja de Cristo cresce, mas não causa nenhum impacto transformador na sociedade, porque não há diferença entre comportamento mundano e o comportamento dos que lotam as igrejas aos domingos. Com muita clareza e objetividade, Sider traça um perfil realístico com comentários pertinentes e um desempenho literário profético sobre a realidade envangélica atual. Imprescindível.
Editora Ultimato



POR QUE VOCÊ NÃO QUER MAIS IR A IGREJA?
Uma história sobre o verdadeiro sentido do amor de Deus.
Simplesmente surpreendente! Este livro irá tocar fundo o coração de muita gente que confundiu igreja como instituição e a Igreja de verdade, o Corpo de Cristo na terra. Se você se decepcionou com líderes ou irmãos em Cristo e hoje está desmotivado em sua vida espiritual, os autores desta obra magnífica vão colocá-lo em movimento. Leia com a mente e coração abertos pois você se surpreenderá. Boa leitura.
Wayne Jacobsen e Dave Coleman
Editora Sextante, 205 p.



ORAR COM DEUS
Desenvolvendo uma transformadora e poderosa amizade com Deus.
Talvez o principal livro sobre o desenvolvimento da verdadeira intimidade com Deus até hoje já escrito. Dr. James Houston é perito em espiritualidade, não pelo seu academicismo mas pelas experiências que tem com o Senhor. Considerado um dos principais filósofos cristãos de nossos dias, um tipo de Francis Schaeffer de nosso dias, sua máxima é: a oração não pode ser encarada como uma mera tarefa, um dever a ser cumprido. Orar é desenvolver a intimidade, uma verdadeira amizade com o Deus Criador e Salvador.
Abba Press - 320 p.



FERIDOS EM NOME DE DEUS.
A igreja evangélica brasileira cresceu mas sua liderança, de um modo geral, tem se mostrado imatura e incompetente para administrar este crescimento.
Talvez este seja um dos livros mais importantes que já li pela sua relevância.
Escrito por alguém que sofreu conforme o título, trás histórias verídicas de pessoas que sofreram de "abuso espiritual" ou "religioso".
Talvez você discorde de algumas idéias da autora mas com certeza agradecerá à Deus por ter tido contato com estas páginas.
EDITORA MUNDO CRISTÃO
Autora: Marília de Camargo César.

Postagens mais visitadas deste blog

Mãe: como definir?

Tentei definir de diversas maneiras e achei tarefa por demais pesada para mim. Sei que cada filho sabe muito bem do que se trata. Mas como definir? É algo tão sublime! Quase celestial.    
   Quando se pensa na palavra "mãe", nossos sentimentos afloram. Mãe não se define. Se sente. E como se sente...
   Mãe nos faz lembrar de necessidades supridas, socorro presente, colo quente, afago bem feito, sono gostoso, e por aí vai.
   Para quem já é adulto, o termo se amplia. Se reveste de cores, formas, aromas. Mãe é alguém de quem não queremos jamais nos separar.
   Mas o tempo passa. Os dias voam. A mãe se torna mais terna, mais presente, mais necessária. Assume outras formas. Desempenha outros papéis. Mas jamais deixa nossa lembrança quieta.
   Seu tom de voz aciona nossa memória, nos faz sentir de novo tudo que num passado recente, ou não, vivemos com intensidade, sob sua proteção.
   Mas encontrei uma boa definição para mãe. Ah! se encontrei! "Mãe é aquela sublime criatura que, …

QUANDO A VIDA PERDE A GRAÇA...

Viver é sofrer? Talvez. Aquela velha frase, “a esperança é a última que morre”, soa  como utopia. A vida perdeu a graça. Muitos deixaram de viver e não sabem. Como aquele conhecido filme de Robert  Zemecks : “A morte lhe cai bem”. Nestes casos a morte se apresenta como saída honrosa.  Já se sentiu assim? Com vontade de sumir ? “Destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo” (Salmo 11:3). Exatamente!Sem fundamentos, a vida é uma bobagem. O “justo”, na linguagem dos salmos, é aquele que deseja viver com qualidade, sem desrespeitar os direitos do próximo. Quando este “justo” percebe que fundamentos  como: ética, moral e bons costumes, estão abalados (ou enfraquecidos pelo tempo), conclui que não adianta ser honesto, sincero e cumpridor de seus deveres. Surge então a tentação de ser desonesto, enganador e egoísta. Se ceder às tentações, a justiça que praticou  “vai para o  ralo”, e nestas horas, os fundamentos de seu caráter podem ruir. Ouvi alguém dizer: “os que não amadurecem, apod…

Aprenda a lidar com as ofensas.

Receber uma ofensa não é o fim do mundo (estamos em 2015!). Já fui ofendido o bastante para estar sepultado pela avalanche de lama e detritos que me lançaram. Mas sobrevivi. Com o tempo percebi que viver é sofrer impactos. Precisamos entender que, em nossa imperfeição, ocasionalmente,  atrairemos a ira das pessoas. Desista de tentar agradar todo mundo. Ninguém até hoje passou incólume diante de críticas ácidas, calúnias e difamações.
     Em segundo lugar, é importante entender que a filosofia das ofensas é neutralizar nossa simplicidade e pureza. Estar sob ofensa é estar sendo chamado pra briga, não com o propósito da contenda em si, mas de macular nosso caráter. Integro é aquele que desenvolve o equilíbrio necessário para não ceder a provocação e continuar sendo quem sempre foi.
     Por último, lembre-se que revidar uma ofensa pode até fazer bem ao ego (momentaneamente) mas irá provocar um ciclo de réplica e tréplica, drenando nossas energias e promovendo uma imagem distorcida de que…