Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

MEU ESPORTE FAVORITO: meditação.

" - Mas... meditar não é pratica esportiva. Você ficou louco?" dirá você. Acho que fiquei:  louco pela meditação. E olha que não tenho parentes orientais, nem fiz qualquer incursão pelo budismo, ou Hare-krishna. Descobri que meditava sem saber, e procurei me aperfeiçoar na coisa. E olha que estou gostando. Ler é pouco, muito pouco, O Melhor é meditar.
     Meditação é uma prática barata, exercita a mente,as emoções e faz um grande bem para a alma. Está fora de moda e parece só acontecer em retiros de cristandade, uma vez a cada cinco anos, quando as pessoas já estão tão estressadas que não conseguem parar para pensar. Aceleraram suas vidas e estão descendo a ladeira num "bonde sem freio" esperando o momento da colisão, da destruição.
     Parei. Talvez a idade tenha me levado a meditar. Aprendi que errei muito na vida por falta de meditação. Se tivesse me exercitado nesta arte, teria sido mais útil a humanidade, menos arrogante, mais simples, mais contemplativo, e co…

PARADOXO - Quem entende, vive.

Paradoxo. Significado: uma aparente contradição. Termo pouco usado mas de profundo significado para  quem deseja entender a vida como ela é.
   Este é seu caso? Não tem conseguido achar o fio da meada? Pois é. A maioria não consegue. Os que a gente pensa que consegue, estão  fingindo. A vida é estranha. É meio... "sem pé nem cabeça". Mas quando a gente entende os paradoxos da vida, aí sim, começamos a pegar gosto pela coisa.
    O primeiro paradoxo é: as vezes é melhor render-se logo do que continuar lutando. No Livro está escrito:     "se o grão de trigo, caindo na terra não morrer, fica ele só, mas se morrer, produz muito fruto". Se o grão luta, não morre. Resiste. Enfrenta. Combate. Mas quando se rende, morre. De dentro dele, misteriosamente, brota a vida. O renovo. A vida é feita de vitórias e derrotas. Aprender a render-se, quando necessário, é um grande aprendizado. A derrota consentida também é meritória e pode te levar a uma gloriosa ressurreição!
   O segundo…

ENTÃO... VOLTA !

Você não é mais a mesma pessoa? Quem te disse? Ah... sim... você mesmo chegou a esta conclusão. ´Tá certo que a tia deu sua opinião, um de seus bons amigos também e o espelho não mente, não é? Os olhos são a janela da alma, dizia Da Vinci. Revelam com clareza o nosso estado interior. Mas anime-se: você pode voltar. Está se sentido abatido devido a uma derrota aqui, outra ali. Não abandone o jogo. Não fique olhando para o placar. Olhe para a meta, para o alvo. O teu alvo. Não o alvo dos outros. Entendeu? Você tem um alvo. É único neste mundo. Não há "outro você". Então volta.
Você desistiu da vida? De ser você mesmo? De ser feliz? Não? Então volta.
Você ainda acredita que é possível achar o caminho, vencer obstáculos e retornar? Então volta.
Você tem alguém ao teu lado te dando força, mesmo que seja um só? Então volta.
Já te disseram para você voltar, que o segundo tempo da vida ainda não acabou e que mesmo estando "nos acréscimos"  dá pra virar a partida de sua históri…

Se quiser ser meu amigo...faça-me um favor:

Procure me entender. Aproxime-se. Eu não mordo. Detesto ser observado à distância. Amigos, para mim, são pessoas que se atrevem a se aproximar a fim de me conhecer melhor. Não fique receoso, medindo palavras. Seja você mesmo, pois amigos são assim: livres para serem quem são.

Se deseja ser meu amigo, não me esconda nada. Não disfarce. Jogue fora as máscaras e atreva-se a ser você mesmo, sempre. Não sou seu juiz, nem seu pai, nem desejo ter qualquer tipo de autoridade sobre você. Amigos são iguais, ou não são amigos.

Se deseja mesmo minha amizade, ajude-me a enxergar meus erros. Não preciso de amigos que estejam sempre passando a mão na minha cabeça como se eu fosse um animal de estimação. Posso não concordar, de cara, com o que você disser, mas se eu te encarar como amigo, vou considerar suas criticas como uma tentativa madura de me ajudar.

Se quer mesmo ser meu amigo, não desapareça quando eu mais precisar de você. E eu precisarei de você nas crises, quando pessoas me julgarem ou me aba…