Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

Livre-se da culpa já!

A culpa é um veneno mortal que primeiro paralisa, depois vai sufocando até que a vítima sucumbe, desiste de viver e morre. 
Se a tua consciência te acusa é sinal de que há um "aplicativo" divino em você capaz de servir de bússola para encontrar o caminho de volta. Esse "alerta" é uma bênção e é prova de que as coisas não chegaram ao fim. Reaja.      Como?      Reconheça que você errou. Vá para a frente de um espelho, "olhe-se nos olhos" e diga firme e decididamente: EU ERREI.      Lembre-se que toda vez que a gente erra, Deus é ofendido. Mas ele não liga, desde que você peça perdão sinceramente. A Bíblia diz que Deus tem "prazer em perdoar" (Mq 7:18). É, Ele curte perdoar, ter misericórdia, essas coisas...      Depois, se houver pessoas envolvidas no seu erro, que foram de alguma forma prejudicadas, vá até elas (não por telefone ou e-mail) e diga-lhes: " -  falhei com você - preciso do seu perdão - não me negue - estou arrependido".      Um…

Espiritualidade no Facebook

A espiritualidade estaria ganhando nova feição no Facebook?

     Frases intensas, cheias de devoção.       Testemunhos eloquentes. Imagens impressionantes e frases bem elaboradas.            Milhares de pessoas curtindo e compartilhando. Católicos, evangélicos e diversas outras confissões, se conhecem,  relacionam-se e expressam sua crença sem pudor, e com extrema liberdade.
     A espiritualidade estaria ganhando uma nova expressão no Facebook? Não sei.
Muita gente que posta uma frase de cunho religioso, é capaz de postar outra "nada a ver" minutos depois. Se uma pessoa fizer alguns "posts" religiosos, não significa que esteja ligada a uma religião. Do jeito que a coisa anda, é possível criar uma religião particular,  como quem monta um prato no "self-service". No Face, isso ficou ainda mais fácil.
Por outro lado, algumas comunidades sérias estão surgindo e fazendo girar ao redor de si, pessoas com uma certa coerência. Digo "certa coerência" pois…

Oficialmente inaugurado o primeiro prostíbulo evangélico.

Batizado com o nome de "Cantares", o primeiro prostíbulo evangélico (ou para evangélicos) surgiu simultaneamente em dois endereços: numa região nobre de São Paulo e em outra, não menos nobre, do Rio de Janeiro  com suítes especiais, sendo que as mais caras e completas são: a "Suite Raabe", toda decorada com cortinas vermelhas, e a "Suite Batsebá", com espelhos d´água.
    Calma, não vá se animando não, pois esta notícia foi trazida de uma publicação evangélica datada de 2018 (!).
    Não me atrevo a uma "profetada", nem ouso afirmar que é revelação, mas alguém aí duvida ? Alguém acredita que isso não será noticiado em menos de 6 anos? Se já existem comunidades para gays evangélicos  e  para lésbicas evangélicas, escândalos nas igrejas que vão do "simples" adultério à pedofilia; sites com o sugestivo título de "evangélicas gostosas" e até quem se atreva a produzir filmes pornôs para evangélicos (*), que mais estaria faltando? E…

Tudo que é novo, é melhor?

Vivemos uma revolução tecnológica impressionante! Novidades surgem a cada dia mudando hábitos alimentares, formas de comunicação, cuidados com a saúde, etc. A sensação é que o tempo está passando mais rápido do que podemos acompanhar. A sociedade costuma rotular o que é tradicional como "ultrapassado" e o moderno como "pertinente" e "melhor". Falar palavrão é moderno; mulher bebendo publicamente é moderno; viver junto sem casar, é moderno; assumir a homossexualidade, então, mais moderno ainda. Surge então uma ditadura: o que é tradicional, não presta, está descartado, bem como quem pensa e vive "tradicionalmente". O termo já tem uma conotação pejorativa, mas está cada dia mais desgastado, bem como todo o que mantém seus valores e princípios "tradicionais". 
Mas a secadoras de roupa não aposentaram os prendedores de varal. As calculadoras não aposentaram o lápis e a borracha. Dizem que o clips jamais deixará de existir e que os tablets n…