quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Livre-se da culpa já!

     A culpa é um veneno mortal que primeiro paralisa, depois vai sufocando até que a vítima sucumbe, desiste de viver e morre. 

      Se a tua consciência te acusa é sinal de que há um "aplicativo" divino em você capaz de servir de bússola para encontrar o caminho de volta. Esse "alerta" é uma bênção e é prova de que as coisas não chegaram ao fim. Reaja.
     Como?
     Reconheça que você errou. Vá para a frente de um espelho, "olhe-se nos olhos" e diga firme e decididamente: EU ERREI.
     Lembre-se que toda vez que a gente erra, Deus é ofendido. Mas ele não liga, desde que você peça perdão sinceramente. A Bíblia diz que Deus tem "prazer em perdoar" (Mq 7:18). É, Ele curte perdoar, ter misericórdia, essas coisas...
     Depois, se houver pessoas envolvidas no seu erro, que foram de alguma forma prejudicadas, vá até elas (não por telefone ou e-mail) e diga-lhes: " -  falhei com você - preciso do seu perdão - não me negue - estou arrependido".
     Uma vez concluido estes três estágios, respire fundo, e diga ao diabo: " - Nunca mais você vai me atormentar com suas acusações, pois em estou limpo. O sangue de Jesus pagou pelo meu erro e eu não vou ficar a vida toda me martirizando por isso. Jesus sofreu no meu lugar".
     Fazer isso é como, digamos, fazer a barba. A gente amolece com a espuma, passa a gilete, lava a cara, e fica de boa. 
     Tá esperando o que? Vai, vai, vai...
    


    

2 comentários:

  1. Puxa... Que posso dizer sobre o que li? Deus é bom! E sua misericórdia dura para sempre!

    ResponderExcluir

Todas as religiões são iguais?

Você deve ter ouvido algo parecido. Devido a crescente onda de atentados em nível global, a intolerância religiosa tem aumentado e muito...