sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Duas virtudes cardeais para se dar bem em 2013.

      Você deve estar eufórico para receber mais 365 dias cheio de oportunidades para vencer, crescer, prevalecer e ser feliz. 

    Duas virtudes me parecem  cardeais, para se dar bem no ano novo.
   A primeira é "equilíbrio". A qualidade de se manter centrado, controlado, em paz.  Não vá "às nuvens" nas vitórias e jamais ao "fundo do poço" nas derrotas. Mantenha a serenidade, mesmo em meio aos mais terríveis temporais.
   A segunda é "sensatez", a arte de ser sensato, coerente, ponderado, falar sempre o estritamente necessário, mesmo sob forte pressão. Sensatez é qualidade de pessoas maduras, vividas, experimentadas pela vida, mas os jovens podem desenvolver essa qualidade observando os mais velhos, ouvindo mais e falando menos. Pense antes de dizer alguma coisa.
   Talvez você diga: " - mas como isso é difícil!" 
   Sim. Ninguém obtém qualidades (sejam psíquicas, físicas ou estéticas) sem um certo grau de esforço e investimento. Mas vale a pena. Se você observar mais a natureza, fazer leituras selecionadas, aprender com quem realmente sabe, e aprender a ouvir as pessoas, poderá se tornar, em pouco tempo, um perito no equilíbrio e na sensatez. Afinal, esta dica não é minha, é do Criador: "Meu filho, guarde consigo a sensatez e o equilíbrio, nunca os perca de vista; trarão vida a você e serão um enfeite para o seu pescoço. Então você seguirá o seu caminho em segurança, e não tropeçará; quando se deitar, não terá medo, e o seu sono será tranqüilo. Não terá medo da calamidade repentina nem da ruína que atinge os ímpios, pois o Senhor será a sua segurança e o impedirá de cair em armadilha" (Provérbios 3:21 à 26).
   Que venha 2013! Feliz ano novo!

sergiomarcos59@hotmail.com

sábado, 15 de dezembro de 2012

Amar (NÃO) é...

     ...passar a mão na cabeça quando você sabe que a pessoa precisa de uma repreensão.
     ...concordar com tudo que ela diz, mesmo discordando  de mais da metade do que ela está falando.
     ...dar o ombro "amigo" quando sabe que ela acabou de fazer uma besteira e se sente cheia de razão.
     ...ajudá-la a fazer algo que a pessoa acha certo mas que vai prejudicar ela mesma ou uma outra pessoa ou grupo de pessoas.
     Em fim: quem ama não pode se omitir, deixar quieto, fazer vista grossa, em "nome do amor". O amor verdadeiro exige  abordagem franca, bronca, repreensão severa e até punição com um afastamento, o famoso "gelo", para que a pessoa possa refletir e retornar a sensatez. 
     Certa vez o Senhor Deus fez isso com Israel, dizendo: "Então voltarei ao meu lugar até que eles admitam sua culpa. E eles buscarão a minha face; em sua necessidade eles me buscarão ansiosamente" (Os 5:15).
     Deus tem me tratado assim. Deus me ama, mas retira a sensação de Sua Presença quando me encontro resistente ao seu tratamento. Amo a Deus por isso. Ele não endossa meus pecados, Ele não me trata com "mimo", não se submete as minhas manhas e não me deixa passar para a "lição 5" quando não conclui a "lição 4".



quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Calma! Resta uma esperança...

Seus pensamentos estão acelerados? Perdeu a noção de  como está por dentro? Seu sono é interrompido várias vezes durante a noite? Não consegue trabalhar direito? As pessoas que você mais ama estão estranhando seu comportamento? Perdeu a cabeça recentemente e fez coisas das quais se arrependeu? Calma... há esperança.
Talvez não esteja vendo uma saída e por isso se entregou a angústia. Talvez esteja se culpando ou alimentando sentimentos de ódio. Calma...há esperança.
Está vendo o que construiu com tanto sacrifício se desintegrar diante dos seu olhos? Sente-se como se estivesse nadando contra a correnteza, andando contra a maré? Calma...ainda há esperança.
Não está vendo resultados dos seus esforços, sente-se como se fosse uma árvore seca, sem vida, sem verde, sem nada?
Creia. A morte não é mais a última palavra da existência humana. Foi vencida. Foi destronada. Foi derrotada. Nunca mais poderá decidir, por si, quem levará, quando e como. Não pode segurar Jesus. Não pode mantê-lo no túmulo. Ficou impotente desde que o Filho de Deus RESSUSCITOU!
Seja lá o que for que em sua vida está em processo de morte, é devido a seus pecados. "O salário do pecado é a morte"( Rm 6:23). É isso aí. Mas o presente gratuito que Deus te oferece, ao arrepender-se de seus erros, é VIDA. 
Desacelere. Acalme-se. Reflita . Jesus te ama. Ele te chama.
"Vinde a mim"
Vem.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Quem é você pra me julgar?


 “ – Ei, pera aí! Você tá me julgando!” 
     Já ouviu isso? 
    Você está  tentando mostrar que a pessoa está equivocada, quer ajudar, quer ver a pessoa  crescer,  aprender e a se libertar de certos conceitos insustentáveis e ainda tem que ouvi-la citar o versículo:  "Não julgueis, para que não sejais julgados (Mateus 7: 1 à 5). 
      Diante disso, muitos silenciam e são vencidos por um argumento aparentemente bíblico, mas que se trata de uma artimanha carnal para que a pessoa não receba aquilo que ela não deseja ouvir. Um texto fora de seu contexto. 
     O "não julgueis" de Jesus, é contra  o julgamento superficial, baseado na aparência, precipitado, carnal e inconsequente. Se o “não julgueis” de Jesus, é um “cala boca” absoluto e se aplica a qualquer pessoa, situação,  época e lugar, temos um problema sério: a Bíblia se torna um livro contraditório. Por quê? Por que Jesus ensinou que os membros de uma comunidade cristã devem ser julgados (Mt 18:15 à 18) e pelos membros da própria comunidade. Paulo reforçou com um exemplo vívido ( 1ª Co 5:1 à 5 e 11 à 13). 
     À Timóteo e a Tito, o Apóstolo pediu "repreensão severa" aos que estivessem rejeitando as bases cristãs (1ª Tm 5:20  e  Tito 1:13). O que está em jogo aqui é o julgamento fundamentado em fatos confirmados, notórios, realizado por gente sábia, experiente, madura e conhecedora da natureza humana e da Palavra de Deus.
   Nenhum de nós gosta de ser repreendido. Somos naturalmente refratários e alguns até se sentem rejeitados quando isso acontece. Mas o Livro diz: "Disciplina rigorosa há para o que deixa a vereda, e o que odeia a repreensão morrerá" (Pv 15:10). 
      Se você deseja crescer como pessoa e fazer a diferença sendo usado por Deus, lembre-se: primeiro Deus irá trabalhar em você e depois trabalhará através de você. Vai ter que aprender a  dizer "sim senhor" e as palavras mágicas para uma vida bem sucedida: "eu errei".
      Pare que esse negócio de "quem é você para me julgar" e limpe da sua boca a frase mal educada: "vai cuidar da sua vida". Se tem alguém te "julgando" ou "cuidando da sua vida", é porque você é notado(a), amado(a) e alguém está se importando com você. Pior é quando esses que te "julgam" ignorarem sua existência.      Você é um "zero", tanto quanto eu. Convém decidirmos se seremos um zero à direita ou a esquerda. 
     Tchau.

Como viver em paz em um mundo em convulsão?

Silvio Brito na década de 70 cantava uma canção que se tornou hit rapidamente. Cada estrofe começava com “ – pare o mundo que eu quero...