Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

Igreja Líquida.

Mais do que  de gente certinha e bem comportada. Mais que um povo bem vestido que não bebe, não fuma e não faz isso nem aquilo. Mais do que um pessoal que "canta e dança"  ...que é uma coisa entre quatro paredes e outra na esquina, na escola ou no trabalho ...que repete chavões  e diz amém no final das orações. 

     Igreja é o Corpo Vivo de Cristo , que transmite seu cheiro, sua voz, seu amor e poder de modo visível por onde  passa. 

     Há um tipo de "igreja" que chamo de "sólida". Tem tamanho, peso e formas bem definidas. Possui marca, modelo e ano de fabricação e  tem   orgulho disso, mas não penetra em locais estreitos, cantos apertados, fissuras sociais. Esperam crescer por adesão, e que a iniciativa venha de fora.

     Há também a "igreja liquida".  Não possui marca, modelo ou ano de fabricação.  Seus componentes "químicos" são bem definidos, sabe quem é e o que quer. Ao contrário da "igreja sólida", penetra em qual…

Pra que Deus se tenho Google?

Não importa onde esteja: o Google é onipresente. Não importa o que  precise, o Google é onipotente. Não importa o que  queira saber: o Google é onisciente.     Alô ateus: se  duvidavam da existência do todo poderoso, animem-se. O Google existe e (melhor ainda) podemos comprovar  científicamente!

Antes de ir ao médico descubra pelo Google, o seu problema e vá com algumas possibilidades de diagnóstico no bolso. Legal né!  E olha que tem gente que namora, noiva e casa por ele. Compra, vende, troca, financia. Brinca, se diverte, faz sexo, estuda, forma-se e faz pós graduação! E... detalhe: com uma prontidão e eficácia impressionantes. Tudo rápido e seguro.

Pra que Deus? As coisas com a Divindade parecem lentas... pastosas... no ritmo vagaroso dos tempos   das válvulas, do vinil de rotação 39.  Mas espera aí.  O Google... (coitado) tem um pequeno problema: não consegue ser íntimo. Pertence a  todo mundo, mas não é de ninguém. Está próximo e longe ao mesmo tempo. Sabe quase tudo, menos dar e re…

NATAL SEM CRISTO É MELHOR.

Pra que presépio se quem faz sucesso é papai noel? Pra que "sinos tocando" se o que predomina são as baladas de fim de ano? Para que ir a celebrações cristãs se as programações dos shoppings são mais atrativas? 
   Acabo de chegar a conclusão que, no natal, Cristo atrapalha. O que todo mundo quer mesmo é comer e beber à vontade. Se gula é pecado, dane-se. Se "ficar de quatro" de tanto beber é divertido, "eu quero é mais". Não é assim que caminha a humanidade? 

   Em São Paulo, a Meca Natalina não é mais a Catedral da Sé, mas a rua 25 de Março. Chamam isso de "secularização" : a desvalorização do sagrado. Dá a impressão que Natal, sem Cristo, é melhor. Pelo menos não rola aquele peso na consciência. Afinal, o que é errado? O que é certo?  

     Verdade seja dita ,o Jesus da Bíblia não é apenas o "Jesus do Natal", é também o Jesus da Vida, Ele é a Vida! Não há na Bíblia (nem na tradição cristã dos primeiros séculos) qualquer indício de…