quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

NATAL SEM CRISTO É MELHOR.

     Pra que presépio se quem faz sucesso é papai noel? Pra que "sinos tocando" se o que predomina são as baladas de fim de ano? Para que ir a celebrações cristãs se as programações dos shoppings são mais atrativas? 

   Acabo de chegar a conclusão que, no natal, Cristo atrapalha. O que todo mundo quer mesmo é comer e beber à vontade. Se gula é pecado, dane-se. Se "ficar de quatro" de tanto beber é divertido, "eu quero é mais". Não é assim que caminha a humanidade? 

   Em São Paulo, a Meca Natalina não é mais a Catedral da Sé, mas a rua 25 de Março. Chamam isso de "secularização" : a desvalorização do sagrado. Dá a impressão que Natal, sem Cristo, é melhor. Pelo menos não rola aquele peso na consciência. Afinal, o que é errado? O que é certo?  
     
     Verdade seja dita ,o Jesus da Bíblia não é apenas o "Jesus do Natal", é também o Jesus da Vida, Ele é a Vida! Não há na Bíblia (nem na tradição cristã dos primeiros séculos) qualquer indício de que o natal deva ser "comemorado". O tal "menino Jesus", cresceu (sabia?), e após sua morte e ressurreição tornou-se Senhor do Senhores, Justo Juiz, e voltará (acredite ou não) para buscar os que creem nele para a salvação.

   Se a celebração do natal não é  um sacramento mas, pelo contrário, acabou tornando-se o feriado da farra, da baderna, e  um carnaval de consumismo, então natal sem Cristo é melhor... Será? ( S.João 3:36)

4 comentários:

  1. Concordo. Isso mesmo que significa o natal, É trazer as pessoas a duvida do que realmente significa Natal!
    Nós Cristão sabemos o que significa, mas se deixarmos até nós mesmo entramos nessa do Natal. Só traz a população gastos, e festa muita festa...
    A conclusão de um natal é o PAPAI NOEL. Não mas NASCIMENTO DE JESUS... RESSUREIÇÃO...
    ELE É O CELEBRANTE DESTE DIA, JESUS!

    ResponderExcluir
  2. Pois é Fran, na época do Natal sinto muita indignação com o que se faz... tá ai nova postagem. Me ajude a divulgar. Mais uma vez, obrigado pelo comentário. Valeu...

    ResponderExcluir
  3. A VERDADE SOBRE O NATAL

    "Deveria eu agradar a multidão profana,
    Rebaixando Tua verdade,
    Ou tornando em lisonjas
    O que de minha língua emana?"
    John Wesley

    Quase todas as pessoas na Cristandade celebram o Natal, trocando presentes e desejos de "Boas Festas" ou "Feliz Natal", e se alegrando com a idéia de que estejam agindo corretamente. Na verdade, esta se tornou a tradição favorita entre os Cristãos, e é tão bem aceita que qualquer tentativa de se buscar sua origem, a qual pode ser facilmente encontrada nas enciclopédias e em documentos imparciais da história da igreja, tende a ser mal recebida. A Palavra de Deus não justifica esta celebração anual, mas a condena severamente em Gálatas 4:10,11: "Guardais dias, e meses, e tempos, e anos. Receio de vós, que não haja trabalhado em vão para convosco." Sendo assim a observância de uma data, mesmo que ela seja de caráter piedoso e adornada com rituais, é condenada. O bendito Salvador não veio com o objetivo de tornar popular o Seu nome ou a suposta data do Seu nascimento. "Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores" (I Tim 1:15). "Cristo... morreu a seu tempo pelos ímpios" (Rm 5:6).

    ResponderExcluir
  4. Pois é Penha, excelente seu comentário. Pouca gente tem coragem de dizer o que pensa, como você. A gente até que canta alguns cânticos e faz comentários sobre o natal em nossas reuniões cristãs em dezembro, mas destacar o 25 de Dezembro, com data do nascimento de Jesus, não é, nunca foi e jamais será uma atitude cristã. Valeu.

    ResponderExcluir

Todas as religiões são iguais?

Você deve ter ouvido algo parecido. Devido a crescente onda de atentados em nível global, a intolerância religiosa tem aumentado e muito...