Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Cristianismo e homofobia: uma reflexão.

A igreja falsa: não caia nessa.

Igrejas ditas “evangélicas” dominam a mídia transformando-se num movimento comercial com maquiagem espiritual, celebrando um casamento maldito entre a fé e o capitalismo.Há uma diferença visceral entre o cristianismo bíblico e esta paródia sem graça na TV brasileira. Definirei aqui como: cristianismo bíblico (fundamentado na teologia protestante, reformada e tradicional) e movimento pseudo cristão (igrejas “eletrônicas” ou “digitais”).

Cristianismo Bíblico Cristianismo falso 1. O pastor ou líder é um homem do povo. O pastor ou líder é um artista destacado com estrondoso poder de comunicação midiática. 2. Os fieis formam uma comunidade, uma grande família. O fiéis são simples plateia, na maioria dos casos, nem se conhecem. Encontram-se na multidão ou participam à distância, em casa, pela TV, rádio ou internet. 3. Dízimos e ofertas são voluntários, expressão singela de seu amor à Deus e a sua igreja. Pastores e líderes tem vida modesta. Dízimos e ofertas funcionam como chave para …