Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Política limpa, cultura brasileira e "vamo que vamo".

A cultura brasileira tem sido uma cultura de corrupção. É utópico falar em erradicação da corrupção no Brasil. Os cientistas políticos afirmam que não existe país onde não haja corrupção. O que existe são os mais corruptos e menos corruptos, pois onde houver ser humano, haverá corrupção. Deixemos o planeta Marte em paz.
Para que servem os partidos?             Os partidos existem, não para proporcionar um governo melhor, mas para promover interesses egoísticos, todos os partidos, não poupo nenhum. Agem por competição, vaidade pessoal e em muitos casos, por pirraça mesmo, pura vingança.             Outro dia abordaram um cidadão comum perguntando se era de direita ou de esquerda. “ – Sou brasileiro”. Nada mais sábio. O problema da política é o partidarismo e seus ideias pessoais (para não dizer familiares, amigos de infância, ou de bar). Precisamos de políticos que digam com orgulho: “- em matéria de política partidária, sou brasileiro”. O que importa é  se a proposta visa o que é honesto…

Matou a família e postou no Youtube.

Os crimes entre desconhecidos estão perdendo lugar na mídia. Foi-se o tempo que nas manchetes tínhamos: "matou amante da mulher a facadas", "matou patrão com dois tiros na cabeça", "assassinou vizinho por noitada barulhenta", etc. 
     Já era. Hoje os crimes estão acontecendo em família. O lugar mais seguro da Terra, transformou-se num circo de horror. Pais que atiram filhos pela janela (os Nardoni), filhos que matam pais a pauladas (Suzanne Von Richotofen), filho que mata pai e madrasta (Gil Hugai), esposa que esquarteja marido (caso Yoki), menino que assassina a família e se mata (Marcelo Pesseghini) , e a última: mãe acusada de matar as duas filhas adolescentes. Não se admire com a seguinte manchete: "matou a família e postou no you tube".

 De quem é a culpa?
     Creio que está acontecendo uma tragédia social inusitada, prenúncio do fim. Estamos atingindo o fundo do poço.
     Acredito que a culpa não é do tráfico e/ou consumo de drogas; não é …