quinta-feira, 9 de junho de 2011

Se quiser ser meu amigo...faça-me um favor:


Procure me entender. Aproxime-se. Eu não mordo. Detesto ser observado à distância. Amigos, para mim, são pessoas que se atrevem a se aproximar a fim de me conhecer melhor. Não fique receoso, medindo palavras. Seja você mesmo, pois amigos são assim: livres para serem quem são.

Se deseja ser meu amigo, não me esconda nada. Não disfarce. Jogue fora as máscaras e atreva-se a ser você mesmo, sempre. Não sou seu juiz, nem seu pai, nem desejo ter qualquer tipo de autoridade sobre você. Amigos são iguais, ou não são amigos.

Se deseja mesmo minha amizade, ajude-me a enxergar meus erros. Não preciso de amigos que estejam sempre passando a mão na minha cabeça como se eu fosse um animal de estimação. Posso não concordar, de cara, com o que você disser, mas se eu te encarar como amigo, vou considerar suas criticas como uma tentativa madura de me ajudar.

Se quer mesmo ser meu amigo, não desapareça quando eu mais precisar de você. E eu precisarei de você nas crises, quando pessoas me julgarem ou me abandonarem. Amigo é como rexona: não abandona. Sei que você tem suas limitações e respeitarei seu espaço, mas não me deixe só quando eu precisar de abrigo.

Se quer, de fato, seu meu amigo, entenda: amizade é para sempre, ou nunca existiu. Não vou desenvolver uma amizade com prazo de validade. Desejo uma amizade mais que duradoura, que vença as diferenças naturais entre duas pessoas e supere crises, choque de interesse e tudo mais.

Se que ser meu amigo, faça-me então um favor: respeite para ser respeitado. Ser amigo não significa ser "entrão", inconveniente, chato. Amigos de verdade nutrem certa sensibilidade, avançam por meio de pequenas conquistas, gerando confiança, segurança e vínculos fortes, sem exclusividade doentia; aquela coisa pegajosa, que exclui outros e vê pessoas próximas como ameaças à amizade em desenvolvimento. Tenho horror disso.

Finalmente preciso lhe avisar: eu já tenho um amigo, um GRANDE AMIGO, que jamais será superado no meu coração. Por mais que você se esforce, estará em segundo plano. Este AMIGÃO já tem cadeira cativa, selou sua amizade por meio de um pacto de sangue que fez comigo e, lamento dizer-lhe: não o abandonarei por nada. Não insista. Se desejar ser meu amigo, terá que dividir minha amizade com ele: Jesus. Aliás: você não gostaria de conhecê-lo? (João 3:16 - 14:6)

3 comentários:

  1. Texto lindo, pastor!!!Felizes aqueles que cultivam amizades!!!Um abraço sincero e feliz 2012!

    ResponderExcluir
  2. Excelente texto, pastor. As sementes semeadas por amigos como vocês são eternas. Em Cristo, Lucimara

    ResponderExcluir

Todas as religiões são iguais?

Você deve ter ouvido algo parecido. Devido a crescente onda de atentados em nível global, a intolerância religiosa tem aumentado e muito...