quarta-feira, 24 de abril de 2013

O que mais me incomoda nas pessoas...

    ... é a falta de opinião. Gente que evita dizer o que pensa e quando diz, ao ser abordada para confirmar o que falou, "dá para trás", tergiversa, e vem com aquela história: "não foi bem assim". 
 .
     Já não estou suportando essa falta de caráter,  que diante de um pensamento contrário, pula pra trás.
     Se você é um desses, dá licença. Sua covardia me enoja.  Só se atreva a opinar quando estiver seguro que vai sustentar o que falou até o fim, aconteça o que acontecer.

     Podemos mudar de opinião? Claro. Só idiotas pensam que não. Já mudei meu pensamento acerca de muitas coisas, mas  dou satisfação. Digo: "de fato, sustentei meu pensamento neste sentido até que, após algumas reflexões e avaliações, decidi mudar" e pronto. O que não consigo mais engolir é essa história de achar e acreditar de acordo com as condições atmosféricas.

     Se você deseja separar verdadeiros amigos, crescer como pessoa e influenciar essa geração tão filosoficamente amorfa, forme opiniões e comprometa-se. Pague o preço de uma inimizade, se necessário, mas seja honesto consigo mesmo e com os que pensam como você.

     Um dos vultos mais importantes da história,  homem de opiniões fortes e inegociáveis, foi preso inúmeras vezes por isso -  falar e sustentar até o fim o que falou. Seu nome: Paulo, o Apóstolo. Diante da terrível controvérsia no seio do cristianismo sobre o consumo de alimento sacrificado á ídolos, e a confusão do "pode não pode" disse:  "​Um faz diferença entre dia e dia; outro julga iguais todos os dias. Cada um tenha opinião bem definida em sua própria mente" (Rm 14:5).

     Não seja uma marionete nas mãos de sua vaidade pessoal, da sua mania de querer sair-se bem a qualquer custo, de querer ser pé direito e pé esquerdo ao mesmo tempo. Se mudar de opinião, me avise. Caso contrário, não seja um cafajeste: tenha e mantenha sua opinião.
    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todas as religiões são iguais?

Você deve ter ouvido algo parecido. Devido a crescente onda de atentados em nível global, a intolerância religiosa tem aumentado e muito...