quarta-feira, 25 de abril de 2012

Tatoo : até tu, cristão?

A tatuagem está no auge. As famosas gravuras impressas na pela deixaram de ser exclusividade de rebeldes sem causa e ultrapassaram limites inimagináveis. Tida como coisa de gente desqualificada ou revoltada, as tatoos invadiram classes sociais outrora avessas a essa prática vista (durante muto tempo) como maldita. Ultimamente, até religiosos tem se valido dela, pois deixou de ser "coisa do demo", sendo aceita como adorno, da mesma forma que produtos cosméticos.

ORIGEM DA AVERSÃO.
Os que resistem às tatoos evocam o texto de Levítico 19:28 que diz: "Não façam cortes em seus corpos por causa dos mortos, nem tatuagem em si mesmos. Eu sou o Senhor"- NVI. De fato, sem uma exegese mais profunda, temos a impressão que o Todo Poderoso abomina a prática. Um dos estudiosos da Bíblia mais conceituados e opositor das tatoos é R. N. Chanplim, que comenta o texto dizendo: "...palavras sagradas eram tatuadas em corpos de adoradores pagãos. O homem espiritual, porém, evita todas as práticas dessa natureza, porquanto reconhece que foi criado a imagem de Deus e seu corpo não pode ser desfigurado, pois pertence somente a Yahweh" ( *)
Correto, porém ser criado a imagem de Deus não significa ter a semelhança física de Deus, pois Deus é Espírito Incorpóreo. Além disso é preciso lembrar que as tatoos, no Antigo Testamento eram de ordem ritual, atreladas a práticas religiosas envolvendo evocação de espíritos, o que pode não acontecer nos dias de hoje. Nos anos 1960 / 1970, as tatoos tinham semelhanças a essas antigas práticas, o que não acontece hoje em dia quando se tatua o nome da pessoa amada, ou dos filhos, da mãe, do pai, do animal de estimação, etc.

RELIGIÃO AO PÉ DA LETRA.
Além disso, é preciso entender o espírito das Escrituras e não levar a ferro e fogo textos sem considerar o seus respectivos contextos. O verso anterior ao citado acima diz: "Não cortem o cabelo dos lados da cabeça, nem aparem as pontas da barba" (Levitico 19:27). Já pensou se fossemos exigir dos homens este comportamento nos dias de hoje? Se vamos levar ao pé da letra proibições com respeito às marcas no corpo , então todo o livro de Levítico deveria receber a mesma atenção. Esse foi o erro cometido pelos fariseus: colocar a lei ao pé da letra. Jesus condenou essa prática reinterpretando a lei no seu famoso "Sermão do Monte". Além disso, as proibições vetero-testamentárias sobre alimentação foram abolidas por uma linda frase de paulina: "comam de tudo que se vende no mercado" (1 Co 10:25). E para "matar a pau" esta prática judaizante escravizadora, revela a tônica da nova vida em Cristo: "...quer façais qualquer coisa, fazei tudo para a glória de Deus" (1a Co 10:31). Aqui vale a motivação e não o ato em si.

TATUAGEM PARA QUÊ.
Deus trabalha com motivação, com o que nos move, com o que está por trás. Se você deseja tatuar seu corpo para provocar seus pais, para ser aceito num determinado grupo, para agredir a Deus ou as coisas sagradas, para se mostrar ou chamar atenção, pergunto: é isso mesmo que você quer? Você tem certeza que valerá a pena? Lembre-se que tattos são para sempre. Antes de tomar uma decisão como esta seria sábio tentar imaginar as consequências a longo prazo. Em muitas empresas, pessoas tatuadas são preteridas e até reprovadas numa entrevista.  Mesmo sendo mais tolerante às tatoos, a sociedade ainda não absorveu totalmente a prática. É preciso estar seguro de que não irá se arrepender depois.

TATUAGENS CRISTÃS?
Tem gente tatuando versículos, crucifixos, imagens cristãs como o peixe, a pomba, a Bíblia, mas pergunto: até que ponto isso representa devoção à Cristo? Seria um modismo? Uma forma de se parecer mais com o que as pessoas estão fazendo no meio secular? Qual a validade de uma "tatoo cristã" para minha espiritualidade? Me aproxima mais de Deus? Das pessoas? 

Antes de se aventurar nesta prática, cheque suas motivações.

(*)Antigo Testamento Interpretado, Livro 1, pg 554.

QUER SABER MAIS? - http://omovimentogospel.blogspot.com.br/2011/01/omg-news-cristao-pode-fazer-tatuagem.html

3 comentários:

  1. Pastor, perfeito o que o senhor escreveu! Sempre busquei o equilíbrio nessas questões, pois não podemos julgar alguém por uma questão exterior. No entanto, a MOTIVAÇÃO é a questão fundamental. E precisamos ser bem maduros para nos conhecermos, não é mesmo??!!!

    ResponderExcluir
  2. Deixe-me fazer somente um adendo: " Não devemos julgar ninguém, nem pelo exterior, nem pelo interior, pois não somos Deus"!

    ResponderExcluir
  3. Olha Deus não juga,mas na bíblia diz: Porque Deus quer um coração limpo,e não um terno bem limpo" 1 Samuel 16:07

    ResponderExcluir

Onde encontrar paz num mundo em convulsão?

     Silvio Brito na década de 70  cantava uma canção que se tornou hit rapidamente. Cada estrofe começava com  “ – pare o mundo que eu ...