terça-feira, 6 de março de 2012

Mulheres em todo lugar.

A mulher mudou? Não. A mulher vem ocupando espaços. Não porque estejam vazios, mas porque ela  lutou por eles. Algo que outrora era inimaginável, hoje se tornou realidade. 

A mulher não evoluiu, apenas assumiu seus direitos, ocupou lugares outrora proibidos pela ignorância machista.  Se a mulher pode gerar um filho, coisa que homem nenhum conseguiu, o que seria impossível para a mulher? 

 Corajosa, destemida, enfrenta os piores inimigos sociais, sofre perseguição e até morte, e vem imprimindo sua femininidade inclusive entre os mártires da justiça e da igualdade social (*).


A sociedade tem entendido isso e a mulher finalmente não vê mais barreira alguma para a realização dos seus mais variados sonhos profissionais. Anônimas no trânsito das grandes cidades, já não nos espantamos com brinco e baton em lugares onde imperava o bigode.

A mulher aprendeu a lutar e vencer por seus ideais. Hoje, não há um lugar sequer na sociedade que lhes seja vetado. Não porque a sociedade tenha evoluido, mas porque a mulher "chegou lá" por meio de sua competência, dedicação e visão da vida.



Parabéns a todas as mulheres: profissionais na ativa, aposentadas, professoras, administradoras, ou mesmo aquelas que são apenas tias, mães, avós, bisavós, sem títulos especiais ou fama, mas que constróem, a cada dia, um mundo melhor com seu carinho, charme e dedicação.
Feliz 8 de março.
Sérgio Marcos

(*) Juíza Patrícia Acioli, morta em atentado em Niterói, por condenar PMs por envolvimento no tráfico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todas as religiões são iguais?

Você deve ter ouvido algo parecido. Devido a crescente onda de atentados em nível global, a intolerância religiosa tem aumentado e muito...