sexta-feira, 30 de março de 2012

Perfeito? Sim, mas ainda não.

                                                                                            
     " - Perfeito!" Assim o artista plástico exclama ao contemplar sua obra à média distância. A estátua do "Rei Davi" é considerada uma obra perfeita! Michelângelo empenhou-se pela perfeição.  E quem não gosta de coisas perfeitas? O churrasqueiro quer sua carne assada "no ponto". A dona de casa, sua massa "al dente". O bom pedreiro o arremate perfeito e o jogador de futebol a "cobrança de falta perfeita". A costureira, o corte perfeito e o fisiculturista, o físico perfeito. Mas quando o assunto é caráter, nos contentamos com o "quase". Por que?

      O prazer da perfeição.
     Deus é perfeito. Sua criação foi perfeita, incluindo o ser huamano. "E viu Deus tudo que fizera e eis que era muito bom". O termo hebraico "towb" (bom) poderia ser traduzido como "agradável, amável" expressões apontam para algo que produz prazer, exatamente o prazer que cada pessoa ou profissional sente ao produzir algo com perfeição. Deus fez e sentiu prazer no que havia feito. Isso é perfeição.

     O padrão da perfeição    
   Os padrões de qualidade empresariais primam por excelência, conceito ao qual já nos acostumamos. Queremos camisa perfeitamente passada, carro perfeitamente lavado,  computador que funcione perfeitamente. Nossa geração é obcecada pela perfeição. Nos frustamos quando não temos um: casamento perfeito, uma amizade perfeita, um relacionamento familiar perfeito. Queremos a perfeição, desde que seja um produto, algo fora de nós e para o nosso benefício.

     Originalmente imperfeitos.
    Ao nos criar perfeitos, Deus estabeleceu um padrão para nós. Não apenas para o que fazemos, mas também para quem somos. Apesar de não estarmos atualmente em nosso estado original devido ao "pecado original", a busca da perfeição no caráter e consequentemente em nossas relações, não foi descartado.  "Sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês" (Mt 5:48), disse Jesus não apenas aos 12, mas a pessoas de todas as épocas e lugares.  O contexto é o dos relacionamentos. Perfeição que Deus ainda espera de nós.
     
     Miserável.
    Diferente do que produzimos, a perfeição no que somos é algo complexo e dificil de ser entendido. Um dos que mais almejou a perfeição no que era, cometeu erros crassos e depois de tanto tentar, teceu o veridicto sobre si mesmo dizendo: "miserável homem que sou" (Rm 7:24). No entanto sua busca pela perfeição não sofreu em nada:"Não pretendo dizer que eu seja perfeito (disse). Até agora ainda não aprendi tudo quanto devia, mas continuo trabalhando para aquele dia, quando finalmente eu serei tudo aquilo para que Cristo me salvou e Ele quer que eu seja" (Fil 3:12 - VIVA).
   
    Sim, mas ainda não.    
   Não posso atingir a perfeição no que sou? Talvez não.  "Cada um de nós tem de suportar alguns de seus próprios defeitos e fardos. Nenhum de nós é perfeito!" (Gl 6:5 - VIVA).  Mas posso ansiar ser perfeito no limite máximo que me for permitido pela minha imperfeição crônica. Este anseio é legítimo.  Olho para JESUS, o homem perfeito ( Hb 7:28). Além disso, Deus nos vê por meio de uma pessoa: Jesus, o Perfeito (Cl 1:28 - 2a Tm 3:17 ). Deus vê os que estão em Cristo, perfeitos como Ele é.  Por isso a estranha frase do título é de fato, bíblica: Perfeito? Sim, mas ainda não.
    Aperfeiçoe-se. Não apenas com capacitação profissional ou auto-ajuda. Seu caráter precisa e pode ser aperfeiçoado, em Cristo e para Deus.

    

Um comentário:

  1. Antes entendia a busca da perfeição, da santidade, como um conjunto de coisas que eu deveria fazer ou não. Hj entendo a santidade como a busca do aperfeiçoamento em nossas relações: com Deus e uns com os outros... Não adianta cumprir rituais, doutrinas e regras, se somos intransigentes com o próximo... Isso é água suja, sepulcro caiado, e não agrada a Deus. Busquemos o aperfeiçoamento em amor!

    ResponderExcluir

Onde encontrar paz num mundo em convulsão?

     Silvio Brito na década de 70  cantava uma canção que se tornou hit rapidamente. Cada estrofe começava com  “ – pare o mundo que eu ...